quinta-feira, 24 de julho de 2014

Hierarquia dos Anjos

A palavra anjo deriva da palavra grega "angelos" que significa "mensageiro". Mas você sabia que existe uma complexa hierarquia celestial? Confira!



 Love on the Look Out (1890)
William-Adolphe Bouguereau (1825-1905)


William-Adolphe Bouguereau (1825-1905)


       Humanos não viram anjos, nem as criancinhas viram. 

      Os anjos nascem Anjos. São criaturas celestes criadas por Deus. São seres reais, individuais e possuem outro material corpóreo. Os Anjos são mais antigos e sábios que os humanos, pois servem a Deus desde o início da criação. 

       Quando nascemos nos é designado um anjo da guarda, um ser espiritual de elevada sabedoria e luz, a quem é destinado a missão de nos proteger e orientar durante nossa jornada neste plano espiritual da matéria, no qual estamos encarnados.

Primeira Hierarquia:

      Serafins, Querubins e Tronos  vivem em um alto grau de intimidade com Deus. Dedicam-se a adorar e glorificar a Deus constantemente, e em grau bem mais elevado que os outros.


ANJOS SERAFINS

       Os Serafins estão no topo da Hierarquia Angelical por serem os anjos que estão mais próximos de Deus. Eles são os anjos mais antigos, seres de extrema bondade com deveres de purificação e iluminação da humanidade. Seu príncipe é chamado Metatron, o reis dos Anjos, que ganhou poderes de Deus para reger todas as forças da criação em prol da humanidade.
       A única referencia bíblica aos serafins está em Isaias capitulo 6, e deste texto depreende-se a compreensão de que estes anjos constituem uma alta graduação angelical, pois, servem acima do trono de Deus, enquanto que os querubins estão por baixo do trono da majestade, de acordo com a visão de Isaias existem vários serafins.
       Sugere-se que a palavra “serafim” deve vir da raiz hebraica (seraphim) aquilo que queima, que purifica com fogo. No texto de Isaias percebe-se seu intenso zelo em promover a santidade de Deus na vida daqueles que são chamados para o seu serviço.
       Nas representações imagéticas, os anjos Serafins são representados por seis asas e são cercados por fogo. Em algumas representações, Metatron possui 12 pares de seis asas, mostrando toda a sua imponência. Dentro da escala dos serafins estão também os seguintes anjos: 1-Vehulah -2- Jeliel – 3-Sitael – 4-Elemiah – 5- Mahasiah – 6- Lelahel, 7- Achaiah – 8- Cahethel.

ANJOS QUERUBINS

       Os Querubins são os segundos na hierarquia, mas há quem discorde dessa posição. Alguns estudiosos apontam que eles teriam o posto mais alta na hierarquia angelical porque os Serafins não poderiam ser considerados anjos. Polêmicas à parte, o mais comum é considerar o Querubins como nº 2 na escada de importância dos anjos. Eles são criaturas dotadas com o dom da luz e da verdade e os responsáveis pela adoração a Deus.
       A Bíblia faz varias menções aos querubins, a primeira vez que eles são mencionados é em Gn 3.24 quando são postos para guardar o caminho da árvore da vida. Deus instrui a Moisés que incorpore a figura de dois querubins a arca da aliança, pois o Senhor, do meio deles falaria com Moisés (Êx 25. 17-22). A figura de dois querubins é utilizada também na decoração do templo de Salomão em Jerusalém (1 Rs 6.23-28).
       São descritos, muitas vezes, como seres misteriosos, por causa de seu príncipe – Raziel, o anjo dos mistérios. Raziel é apontado como o príncipe da originalidade e do conhecimento. As representações dos querubins variam muito. Nos registros mais antigos, associavam-se os querubins a criaturas resultantes de uma mistura de homem e animal, outros escritos apontam os querubins como crianças aladas. A hierarquia angelical dos querubins é composta por: 9- Haziel – 10- Aladiah – 11- Laoviah – 12- Hahahiah – 13- Yeslael – 14- Mebabel – 15- Hariel – 16- Hekamiah

ANJOS TRONOS

      Os anjos Tronos são aqueles têm por dever zelar e defender o trono de Deus, por isso ganharam esse nome. Eles são criaturas extremamente puras e ligadas à música, assim muitas vezes vemos representações dos tronos como criaturas aladas que tocam instrumentos como a harpa e a trombeta, por exemplo.
      Conforme está no original grego, thronoi tem um sentido especial porque se refere a uma classe de anjos que está diretamente ligada á majestade e soberania de Deus. É possível que os “querubins” estejam ligados a esse tipo de atividade real, pois alguns textos identificam os querubins como os seres sobre os quais Deus está assentado e reinando (1 Sm 4.4; 2 Rs 19.15; Sl 80.1; 99.1)”.
       O príncipe dos Tronos é Tsaphkiel, anjo associado à Terra. Ele representa as forças criativas da terra e auxilia os humanos a imaginarem e contemplarem o futuro. Outros anjos que compõem a hierarquia de Tronos: 17- Lauviah – 18- Caliel – 19- Leuviah – 20- Pahaliah – 21- Nelchael – 22- Ieiaiel – 23- Melahel – 24- Haheuiah.

Segunda  Hierarquia:  

      São os Santos Anjos que dirigem os Planos da Eterna Sabedoria, comunicando os projetos divinos aos Anjos da Terceira Hierarquia, que vigiam o comportamento da humanidade. Eles são responsáveis pelos acontecimentos no Universo. Esta Hierarquia é formada pelos seguintes Coros de Anjos: Dominações, Potestades e Virtudes.

ANJOS DOMINAÇÕES

       São os anjos que têm como dever fazer com que a vontade de Deus seja cumprida, portanto eles têm o dom de reger o universo. O príncipe da hierarquia angelical Dominação é Tsadkiel, um anjo que ajuda as pessoas a concretizarem as suas metas aqui na terra. Ele tem o poder de incentivo, auxilia na produção das ideias e dá amparo para que não desistamos mediante as derrotas.
       O termo grego utilizado em algumas versões é kuriothes ou kuriotethoi e traz o sentido de soberania ou dominação (Ef 1.21). Trata-se de uma classe de anjos dominadores, uma espécie de executores das ordens divinas sobre as coisas criadas.
A hierarquia dentro desta categoria angelical se dá da seguinte maneira: 25- Nith-Halah – 26- Haaiah – 27- Ierathel – 28- Sehelah – 29- Reyel – 30- Omael – 31- Lecabel – 32- Vasariah.

ANJOS POTÊNCIAS

         Os anjos da hierarquia potências têm como missão proteger a humanidade de todo o mal. Eles são acionados quando o mal começa a rondar e temos a tentação de nos desviar do caminho de Deus. Além disso, eles são também responsáveis por ordenar e equilibrar os quatro elementos: água, terra, fogo e ar. O príncipe de Potências é Camael, um anjo que interfere nas relações das pessoas quando o mal está atuando sobre elas.

Os anjos Potência seguem a seguinte hierarquia: 33- Iehuiah – 34- Lehahiah – 35- Chavakiah – 36- Menadel – 37- Aniel – 38- Haamiah – 39- Rehael – 40-Ieiazel.

ANJOS VIRTUDES

Os anjos da hierarquia virtudes são muito fortes e poderosos contra doenças do corpo e da alma. Eles, como defensores do reino mineral, são invocados por pessoas que desejam construir ou reconstruir a fortaleza espiritual ou física. São eles os designados a transmitir e expressar as vontades de Deus. O príncipe de Virtudes é Raphael, o único anjo que possui o poder da cura. Ele ganhou de Deus o bálsamo para todas as dores humanas que restaura a saúde e força daqueles que o invocam.

Veja a hierarquia: 41- Hahahel – 42- Mikael – 43- Veuliah – 44- Yelaiah – 45- Sealiah – 46- Ariel – 47- Asaliah – 48- Mihael.

Terceira  Hierarquia:  

       É formada pelos Santos Anjos que executam as ordens de Deus. Eles estão mais próximos de nós e conhecem a fundo a natureza de cada pessoa que devem assistir, a fim de poderem cumprir com exatidão a Vontade Divina. Esta Hierarquia é formada pelos: Principados, Arcanjos e Anjos.

ANJOS PRINCIPADOS

       Os anjos do Principado são aqueles considerados como vigias ou mentores. Eles protegem e regem reinos, estados, países e territórios e são considerados os agentes protetores da flora, fauna e dos cristais da terra. A representação desses anjos é sempre como criaturas que têm nas mãos cetros e cruzes. O príncipe dos Principados é Haniel, conhecido mentor de David. Ele é invocado para resolver problemas amorosos e para ajudar a se livrar de todo o mal.
       Principados referem-se a uma classe de anjos que tem poderes de príncipes. Assim como nos reinos terrestres os principados agem em territórios pertencentes ao reino. Isto também acontece no mundo espiritual. Este fato pode ser percebido na atuação de Lúcifer, quando este foi constituído um “querubim ungido para proteger”. E antes de sua queda estava no monte santo do Senhor.

A sequência da hierarquia é: 49- Vehuel – 50- Daniel -51- Hahasiah – 52- Imamaiah – 53Nanael – 54- Nithael – 55- Mebahiah – 56- Poiel.

ARCANJOS

       Não pense que os anjos que estão mais abaixo na hierarquia angelical são menos importantes. Todos eles são muito importantes e têm deveres e poderes estabelecidos por Deus. Como prova disso, temos o Arcanjo Gabriel, que foi designado para anunciar à Maria o nascimento de seu filho Jesus. Os arcanjos são responsáveis pela guarda dos pais de família.
“A palavra “arcanjo” representa a mais elevada posição na hierarquia angelical. O prefixo arc, do grego arch, sugere tratar-se de um chefe, um príncipe, na mesma estirpe da qual se enquadraria um primeiro-ministro”.
        A Bíblia faz apenas duas citações a esta elevada posição angelical, e ambas citadas no Novo Testamento e proveniente do apostolo Paulo (1 Ts 4.16; Jd 9), deve se notar que a palavra “arcanjo” está no singular, atribuindo esta elevada posição a um único anjo, e apenas uma das citadas referencias menciona categoricamente o nome do arcanjo que é Miguel. A Bíblia faz o total de cinco citações a Miguel. Posto isto, o arcanjo Miguel é um anjo superior a todos os demais anjos, um dos primeiros príncipes do exército do Senhor (Dn 10.13). Miguel terá papel fundamental na ocasião do arrebatamento da Igreja (1 Ts 4.16). Este arcanjo busca a incontestável vitória para o povo de Deus (Ap 7-11), ele foi investido da função principal de protegerIsrael no tempo do fim (Dn 12.1).

       O príncipe regente dos arcanjos é Miguel, representado sempre com um escudo e espada. Miguel é invocado em situações onde se precisa de providência divina para ter muita coragem e enfrentar algo muito difícil.
Outros anjos que compõem a hierarquia: 57- Nemamiah – 58- Heialel – 59- Harahel – 60- Mitzrael – 61- Umabel – 62- Iah-Hel – 63- Anauel – 64- Mehiel.

ANJOS COMUNS

      Em referencia a esta classe, a Bíblia fala de miríades – multidão incalculável de anjos que servem a Deus. São chamados exércitos de Deus (2 Cr 18.18).  Os últimos da hierarquia mas que são de fundamental importância são os anjos, seres dotados de muita luz, encarregados na orientação e desenvolvimento espiritual da humanidade. São eles que protegem cada um de nós, nos influenciando positivamente para que tomemos as decisões mais certas. Há autores que afirmam que os anjos cuidam não só do nosso espírito, mas também do nosso corpo físico.

O príncipe dos anjos é Gabriel, o mensageiro de Deus. Para os hebreus, ele era considerado o anjo da Esperança, já no Alcorão ele é mencionado como anjo da guarda. A hierarquia angelical finaliza com: 65- Damabiah – 66- Manakel – 67- Ayel – 68- Habuiah – 69- Rochel – 70- Yabamiah – 71- Haiaiel – 72- Muniah.



E para saber o nome de seu anjo da guarda pessoal, basta conferir a tabela abaixo de acordo com sua data de nascimento!






ref. Bibliog.:

http://www.wemystic.com.br/artigos/hierarquia-angelical-a-dimensao-dos-anjos/
https://abtac.com.br/?p=1204
https://pt.churchpop.com/conhecendo-hierarquia-dos-anjos-e-suas-respectivas-funcoes/

Nenhum comentário:

Postar um comentário